DICAS ANIMAIS

 

 

ALIMENTAÇÃO

A ração é um alimento completo e balanceado, e tem todos os ingredientes que o animal precisa para um desenvolvimento e manutenção saudáveis. É importante escolher uma ração de qualidade, e saber a hora de mudar, conforme as fases da vida e necessidades específicas de cada animal. Dosar a quantidade, também é muito importante para assegurar que o animalzinho não ganhe peso excessivamente.
 

BANHOS

Os banhos podem ser dados em intervalos semanais, quinzenais ou mensais. A escovação da pelagem, tão ou mais importante que o banho, deve ser realizada conforme a necessidade de cada raça, podendo, até ser diária em cães que fazem muita troca de pelos. Para os banhos, use produtos de boa qualidade, específicos para animais. Jamais use sabão em pedra ou detergente de louça, que certamente causarão irritação e ressecamento da pele.
 

CASTRAÇÃO

Fêmeas que não irão reproduzir, devem ser castradas precocemente, antes do primeiro cio, por volta de 5 a 6 meses de idade. A cirurgia de esterilização, tem o objetivo de prevenir várias doenças que afetam as fêmeas, especialmente o câncer de mama. Nos machos a castração é recomendada por questões de comportamento, diminuindo as demarcações de território e agressividade, e também, deve ser realizada até 6 meses de idade.
 

COMPORTAMENTO

Investir em educação e adestramento dos filhotes, traz equilíbrio de temperamento aos animais, e por consequência, ótimos benefícios aos donos. Problemas como puxar a coleira, latidos excessivos, ansiedade de separação, agressividade, medo exagerado, entre outros, podem ser evitados com técnicas específicas. Procure um adestrador de confiança, e leia bastante sobre o assunto, quando adquirir um novo amigo.
 

DENTIÇÃO

A escovação dos dentes dos pets é recomendada para prevenir e retardar a formação do tártaro e placa bacteriana, os principais problemas odontológicos dos cães e gatos. Pode ser feita diariamente, de preferência, ou pelo menos uma vez por semana. A “limpeza do tártaro”, realizada na clínica com equipamentos de ultrassom e sob anestesia, deve ser realizada periodicamente, conforme a necessidade de cada animal e recomendação veterinária.
 

IDENTIFICAÇÃO ELETRONICA

Os microchips são pequenos dispositivos aplicados através de injeção subcutânea, que contém dados como nome do animal, nome dos proprietários, endereço e telefone. Animais eletronicamente identificados, são mais fáceis de serem encontrados quando perdidos, além de ser ato de posse responsável.
 

VACINAÇÃO

Seguir corretamente o protocolo de vacinas, recomendado pelo veterinário é essencial para prevenir doenças que ameaçam a saúde dos animais e dos humanos em contato com eles. Cinomose, Parvovirose, Leptospirose, Coronavirose, Hepatite, Adenovirose, Traqueobronquite, Giardíase e Raiva, são as doenças possíveis de prevenção nos cães. Panleucopenia, Rinotraqueíte, Calicivirose, Clamidiose e Leucemia, além da Raiva, são as doenças que afetam os gatos e podem ser prevenidas através da vacinação. a vacinação dos cães começa aos 45 dias e dos gatos aos 60 dias de vida.
 
 
voltar